Sábado - Manaus - 17 de agosto de 2019 - 11:36

UPDATE

Leia a coluna desta quarta

Fique bem informado sobre os bastidores do Poder 

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 28 de fevereiro

Deputados mostram força e derrubam seis vetos do governo

A disputa entre os grupos políticos que devem se enfrentar na eleição deste ano começa a se acirrar. Seis vetos do governador Amazonino foram derrubados na manhã desta quarta na Assembleia Legislativa. Os deputados oposicionistas comemoraram a derrota do governo. Chamou a atenção que em uma das votações o placar foi de 14 dos 21 votos a favor da derrubada do veto.


Chalub desiste e Yedo Simões fica só na disputa pela presidência do TJAM

Durou cinco dias a candidatura de Domingo Chalub à presidência do Tribunal de Justiça do Amazonas. Ele desistiu da disputa na manhã desta quarta-feira, dia 28. Com isso, e com o consenso entre os desembargadores, o atual presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Yedo Simões, deve ser aclamado para a presidência do TJAM em julho. O mandato do atual presidente, Flávio Pascarelli encerra no dia 4 de julho. 


Amazonino passa por exames em São Paulo desde segunda

O governador Amazonino Mendes está passando por exames em São Paulo, no hospital Sírio Libanês, desde a última segunda-feira. Havia suspeita de problemas nos rins, mas a assessoria dele informa que estão sendo realizados apenas exames de rotinas que deveriam ter sido realizados em dezembro do ano passado. 


STJ nega prisão domiciliar a Afonso Lobo, preso na Maus Caminhos 

O ex-secretário de Fazendo do Estado do Amazonas, Afonso Lobo, vai continuar preso no Complexo Anísio Jobim (Compaj). O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) negou pedido de prisão domiciliar para ele em decisão do ministro Negri Cordeiro que foi publicada nesta semana. Preso desde o dia 13 de dezembro de 2017, na operação “Custo Político”, a defesa sustentava que Afonso Lobo já prestou todos os esclarecimentos necessários e que o que está acontecendo agora é “a típica hipótese de prisão absolutamente desnecessária”. O ministro Nergi Cordeiro afirma, em despacho, que Lobo continua preso por uma “periculosidade do acusado”. 


Serafim diz que Fundeb aumentou 30%  e defende reajuste a professores

O deputado Serafim Corrêa informou, ontem, no plenário da Assembleia, que Estado e Prefeitura receberão recursos 30% maior este ano do Fundo de Educação Básica (Fundeb) em relação a 2017. Ele defende que esses recursos sejam aplicados no reajuste dos professores e profissionais da Educação. "Esse ano o Estado deve receber R$ 2,3 bilhões e Manaus cerca de R$ 1,1 bilhão, sendo que parte já foi repassada neste primeiro bimestre”, afirmou ele.