Terça-feira - Manaus - 21 de mai de 2019 - 21:34

ESPORTES

Pressão por resultados aumenta no Vasco

Trinador Alberto Valentim já vê o futuro a frente do time em xeque

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 18 de abril - 11:00

"Estamos indo para a terceira final com chances de ser campeão, e depois também de passar na Copa do Brasil", diz Valentim

Foto: Flickr

A derrota para o Santos por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela Copa do Brasil, aumentou a pressão e a cobrança interna no Vasco por melhores resultados. Após um início de temporada animadora, o time caiu de produção e começou a ser questionado, principalmente depois do baixo rendimento diante do Flamengo, no último domingo, na final do Carioca.

Alguns jogadores importantes do elenco que geraram grande expectativa para 2019 não conseguem se firmar, como são os casos de Maxi López e Bruno César. Assim, Alberto Valentim acaba colocando, praticamente, um time diferente por rodada para buscar a melhor formação.

Por falar em Valentim, ele segue com prestígio junto a diretoria do Vasco. Existe um reconhecimento pelo trabalho que fez ano passado, quando pegou o Vasco na briga contra o rebaixamento e conseguiu permanecer na Série A. Porém, uma possível perda do título estadual para o maior rival e uma eliminação na Copa do Brasil podem mudar tudo. Como todo mundo sabe, no Brasil sobra sempre para o técnico.

Após o jogo desta quarta-feira, na Vila Belmiro, Alberto Valentim foi perguntado sobre essa pressão, que vem mais de fora, em cima dele por bons resultados e se mostrou muito tranquilo.

"Pergunta que sempre acontece quando, primeiro em uma final você sai em desvantagem e, depois, em um jogo de mata-mata também. Ainda mais em uma equipe do tamanho do Vasco. Mas estou super tranquilo, o trabalho vem sendo bem feito, estamos indo para a terceira final com chances de ser campeão, e depois também de passar na Copa do Brasil", disse.

O mês de abril será decisivo para o futuro do Vasco na temporada. Além das decisões no Campeonato Carioca e na Copa do Brasil, o time começará a disputa do Brasileiro. Por isso, será preciso uma resposta rápida, uma atitude diferente que faça a equipe ter esperanças e não voltar a sofrer com o perigo do rebaixamento.