Quarta-feira - Manaus - 21 de novembro de 2018 - 04:30

MANAUS-AM

Prefeitura amplia para 2 mil as vagas de estágio em 2018

A carga horária é de 4 horas diárias e os estagiários recebem também auxílio-transporte de R$ 132

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 6 de março - 07:57

Os contratos com as instituições de seleção e recrutamento foram assinados na tarde desta segunda-feira

Foto: Divulgação/ Secom

Dois mil estudantes de cursos universitários e de Ensino Médio terão acesso às vagas de estágio disponibilizadas pela Prefeitura de Manaus para o ano de 2018, em diversas áreas de atuação. Além de ampliar o número de vagas em mais 219, a prefeitura também equalizou as horas de serviços prestados para todos os estagiários.

Os contratos com as instituições de seleção e recrutamento foram assinados na tarde desta segunda-feira, 5/3, pelo secretário-chefe da Casa Civil, Arthur Bisneto; pela secretária municipal de Administração, Luiza Bessa; e representantes das três instituições credenciadas.

Os estudantes que pretendem se candidatar a uma vaga de estágio devem estar cadastrados junto às instituições contratadas: Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e o Instituto Trimonte de Desenvolvimento (ITD). Cada uma das três instituições será responsável por 33,33% das vagas existentes. Das duas mil vagas disponibilizadas, 75% estão destinadas a alunos de Curso Superior e 25% a alunos de Ensino Médio. Além da remuneração, os estagiários também terão direito a vale-transporte e seguro.

“Cada secretaria vai nos indicar o número de estagiários que precisa, bem como o perfil desejado para de estagiário. A partir daí, as empresas farão a seleção e o encaminhamento. É necessário destacar que os estudantes devem estar cadastrados nas empresas credenciadas”, explicou Luiza Bessa.

Durante a solenidade, o chefe da Casa Civil, Arthur Bisneto, destacou a importância de um programa dessa natureza para o desenvolvimento profissional dos estudantes. “Com os estágios, a prefeitura está abrindo portas para que esses estudantes ganhem prática e conhecimento para ter mais acesso ao mercado de trabalho. Muitas vezes, uma empresa deixa de contratar por falta de experiência e o estágio é importante nesse processo, é facilitador”, disse.

Bisneto também reforçou o caráter de inclusão social proporcionado pelo programa de estágio. “Alguns dos nossos estagiários contam com esse recurso para pagar a faculdade e, até mesmo, ajudar a manter a família. Muitas vezes, esse recurso é a única renda de que dispõem”, afirmou.

Novas regras

O programa, a partir hoje, passa a oferecer vagas em nível Médio com bolsa de R$ 300, e em nível Superior, com bolsa de R$ 600. A carga horária é de 4 horas diárias e os estagiários recebem também auxílio-transporte de R$ 132. O contrato de estágio pode se estender por até dois anos.

Além disso, os estagiários têm oportunidades de qualificação, com vagas em cursos da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), em diversas áreas, como informática, gestão de pessoas, legislação, comunicação e linguagem, contribuindo para seu crescimento profissional.

Os estagiários também passam por avaliações periódicas para acompanhar seu desempenho, além de participar de atividades que incentivam esportes, consciência ecológica e solidária, por meio de gincanas realizadas anualmente no mês de agosto, na Semana Municipal de Valorização do Estagiário (SMVE).