Domingo - Manaus - 18 de agosto de 2019 - 07:46

MANAUS-AM

PF cumpre mandados em Manaus durante operação contra desvio de recursos públicos

A Operação Gárgulas tem o objetivo de desmantelar organização criminosa investigada por desvio de recursos públicos federais, lavagem de dinheiro e fraude a licitação em Roraima.

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 28 de junho

Os investigados – servidores públicos e empresários - estão sendo interrogados e indiciados na Polícia Federal pelos crimes investigados

Foto: ABr

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira, 28/6, a Operação Gárgulas, com objetivo de desmantelar organização criminosa investigada por desvio de recursos públicos federais, lavagem de dinheiro e fraude a licitação em Roraima. Estão sendo cumpridos dez mandados de busca e apreensão em Boa Vista/RR e Manaus/AM.

A prova coletada pela Polícia Federal aponta indícios de atuação de grupo criminoso, integrado por servidores públicos e empresários, em desvio de recursos públicos do sistema penitenciário, especificamente no tocante a repasses do Fundo Penitenciário Nacional ao Estado de Roraima, no montante de R$ 3,5 milhões.

Foram demonstrados indicativos de fraudes à licitação, tais como conluio entre as empresas participantes que encaminharam propostas na dispensa de licitação; relação de parentesco entre os sócios das empresas participantes; propostas montadas; pagamentos realizados antes da emissão das notas fiscais e superfaturamento em contratos de locação de veículos e venda de produtos e serviços para atender a Secretaria Estadual de Justiça e da Cidadania de Roraima.

Os investigados – servidores públicos e empresários - estão sendo interrogados e indiciados na Polícia Federal pelos crimes investigados, que preveem penas superiores a trinta anos de prisão.

O nome da operação remete às gárgulas - figuras monstruosas da Grécia antiga e da Idade Média, bem como ao seu alerta: o mal nunca dorme, exigindo a vigilância contínua.