Sábado - Manaus - 15 de agosto de 2020 - 12:15

MANAUS-AM

Operação Sangria: quatro presos têm prisão temporária substituída por domiciliar​

Demais presos serão colocados em liberdade, após a meia-noite, com o fim do prazo da prisão temporária 

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 4 de julho - 16:30

Foto: Divulgação/Seap

Em atendimento à decisão judicial, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informa que quatro das sete pessoas detidas em Manaus, na Operação Sangria, tiveram conversão da prisão temporária para domiciliar pelo prazo de cinco dias. Eles serão liberados no final da tarde deste sábado, 4/7.

São elas: Fábio José Antunes Passos, João Paulo Marques dos Santos, Alcineide Figueiredo Pinheiro e Luciane Zuffo Vargas de Andrade.

Outras três pessoas serão colocadas em liberdade com o fim do prazo da prisão temporária. São elas: Perseverando da Trindade Garcia Filho, Cristiano da Silva Cordeiro e Simone Araujo de Oliveira Papaiz, que serão liberados após a meia-noite.

São Paulo

A empresária Renata Mansur saiu do presídio onde estava custodiada no interior de São Paulo, na manhã deste sábado, 4/7. Segundo a defesa da investigada, ela deixou o local pois o prazo da prisão temporária encerrou neste sábado.