Sábado - Manaus - 17 de agosto de 2019 - 11:36

MANAUS-AM

Mulheres se passavam por Ubers para furtar condomínios de luxo na Ponta Negra

Elas foram presas na Ponta Negra, quando se preparavam para entrar em apartamentos

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 29 de novembro

Ilhas Gregas era um dos alvos das mulheres, na Ponta Negra

Foto: Divulgação.

Duas mulheres, uma de 35 e outra de 45 anos, foram detidas em flagrante suspeitas de fazerem parte de uma quadrilha especializada em furtos a residências e apartamentos em condomínios de luxo da zona oeste de Manaus. Elas se passavam por motoristas do Uber para ter acesso aos condomínios, checavam quais apartamentos estavam vazios e usavam uma chave mestra para entrar.

No momento em que foram presas, na noite desta terça-feira, 29/11, as mulheres pretendiam fazer mais vítimas no condomínio Ilhas Gregas, na Ponta Negra. Após uma revista no veículo Renault Duster, utilizado pela dupla, os policiais da 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) acharam um molho de chave mestre, que seria usado para abrir os apartamentos.

Ela foram pegas pela polícia após serem denunciadas por síndicos de prédios frutados

Foto: Divulgação/ Redes Sociais

Um vídeo que está circulando nas redes sociais desde ontem mostra que a dupla já havia feito algumas vítimas nos condomínios Ilhas Gregas e  Reserva das Praias, na Ponta Negra, além de outros condomínios da região. As suspeitas furtavam jóias, dinheiro e objetos de valor.

A dupla foi apresentada no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde diversas vítimas as reconheceram pelas imagens das câmeras de segurança.

TH VIDEO