Sexta-feira - Manaus - 23 de agosto de 2019 - 23:07

MANAUS-AM

Homem é preso por maus-tratos, negligência e apropriação de bens de idosa de 78 anos

A vítima é uma aposentada de 78 anos, que estava em situação precária de higiene e saúde. 

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 21 de mai - 13:42

Rosivaldo foi autuado em flagrante

Foto: Divulgação

O cuidador de idoso, Rosivaldo de Sousa Gama, 40, foi preso após ser denunciado por maus-tratos, negligência, exposição de idoso ao perigo, apropriação de bens, retenção de documentos e indução de idoso sem discernimento. A vítima é uma aposentada de 78 anos, para qual o infrator trabalhava, de acordo com a delegada  Andrea Nascimento, da Delegacia Especializada em Crimes contra o Idoso (DECCI).

As investigações começaram após denúncias de primos distantes da idosa de 78 anos, informando que a aposentada havia sido levada para a casa do homem, porque o infrator havia alugado a casa dela para terceiros.    

“Durante as investigações, localizamos o imóvel de Rosivaldo e nos deslocamos até o lugar. Encontramos o infrator e a idosa no bairro Nossa Senhora Aparecida, zona sul da capital. A aposentada estava em uma situação precária de higiene e saúde. Notamos também que a vítima não havia feito qualquer refeição naquele dia e estava toda urinada. Ficou claro que o grande problema não era apenas o crime patrimonial, mas diversos outros crimes”, explicou Nascimento.

Conforme a titular da DECCI, com o infrator os policiais civis encontraram o cartão da idosa e outros pertences, como documentos do imóvel dela. Foi verificado, também, que a aposentada havia sofrido um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e, por isso, precisava de cuidados especiais em razão da dificuldade em se comunicar e locomover.  

“Vale ressaltar que nossas investigações dão conta de que ele conhecia a idosa desde 1995, mas passou a cuidar dela apenas em 2015. Inclusive, naquele ano, verificamos que ele fez um empréstimo de R$ 77 mil no nome dela. Com relação à casa da vítima que estava sendo alugada para benefício do infrator, será feita a retirada devida dos inquilinos. Já ela, ficará aos cuidados dos primos que se comprometeram em acompanhar a vítima nos exames médicos e encontrar um novo cuidador”, disse Nascimento.

Rosivaldo foi autuado em flagrante por maus-tratos, negligência, exposição idoso ao perigo, apropriação de bens do idoso, retenção de documentos e indução de idoso sem discernimento. Ao término dos procedimentos cabíveis na DECCI, ele será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.