Terça-feira - Manaus - 21 de mai de 2019 - 21:21

MANAUS-AM

Blogueira é apreendida suspeita de vender iPhones furtados em Manaus

Em um dos últimos anúncios publicado na quarta-feira, 17, a jovem anunciou um iPhone modelo 7 Plus Red, que estava em posse de Magaivus Martins Souza, 38, preso na operação ‘iCloud’ 

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 20 de abril - 08:55

O iPhone recuperado custa quase R$ 5 mil e estava anunciado para venda por R$1.850

Foto: Divulgação

Uma blogueira, de 17 anos, foi apreendida na noite de quinta-feira, 18, após anunciar a venda de um iPhone que havia sido roubado. A adolescente se apresenta como ‘digital influencer’ e tem mais de 70 mil seguidores em seu perfil no Instagram.

Loira e tatuada, a blogueira anuncia a venda dos modelos das séries 7 rosé, 7 plus e 8 plus, em uma publicação com a data de 12 de janeiro deste ano. “pra quem não sabe estou trabalhando com iPhone já faz um tempo e iPhones semi novos, com tudo funcionando” diz a adolescente no post.

A blogueira ‘ajudava’ a revender os iPhones roubados na capital. Em um dos últimos anúncios publicado na quarta-feira, 17, a jovem anunciou um iPhone modelo 7 Plus Red, que estava em posse de Magaivus Martins Souza, 38, preso na operação ‘iCloud’ da Polícia Civil para desarticular uma quadrilha que vende aparelhos de luxo roubados.

Aparelho roubado

Segundo informações da PC, o aparelho anunciado e recuperado pertence a uma representante comercial, e havia sido roubado na segunda-feira (15), na casa da vítima, no conjunto Francisca Mendes, Cidade Nova, zona Norte. A vítima foi abordada por dois homens de moto, que anunciaram o assalto e fugiram.

O iPhone recuperado custa quase R$ 5 mil e estava anunciado para venda por R$1.850. A adolescente foi encaminhada para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

Operação

No dia 17 de março, na Operação iCloud, foram presos em flagrante Filipe Silveira Cardoso, 22; Magaivus Martins Sousa, 38, e Paulo Victor Monteiro Bastos, 21, por roubo, furto e associação criminosa.

A ação foi coordenada pelos delegados Raul Neto e Cícero Túlio, respectivamente titulares do 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv).