Sábado - Manaus - 18 de agosto de 2018 - 07:58

MUNDO

Trump derruba decreto de Obama e mantém Guantánamo aberta

De acordo com o decreto assinado por Trump "os procedimentos aos detidos na Base Naval dos Estados Unidos em Guantánamo são legais, seguros e humanos"

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 31 de janeiro - 06:32

Fechamento da prisão havia sido comemorado no governo de Obama

Foto: AFP

O presidente dos EUA, Donald Trump, informou nesta terça-feira (30) que assinou uma ordem executiva que estipula manter a prisão de Guantánamo aberta.

O documento de Trump revoga parte do decreto assinado por seu antecessor, Barack Obama, em 2009, que falou sobre fechar a prisão "o mais rápido possível".

"Acabei de assinar uma diretriz que instrui o secretário Mattis [da Defesa] a reconsiderar nossa política na área de detenções militares e manter a prisão de Guantánamo aberta", disse o presidente norte-americano em discurso para o Estado da União no Congresso.

De acordo com o decreto assinado por Trump, "os procedimentos relacionados aos detidos na Base Naval dos Estados Unidos em Guantánamo são legais, seguros e humanos e são realizados de acordo com o direito internacional e dos Estados Unidos".

É a primeira vez que Donald Trump discursa ao Estado da União como presidente dos EUA. A cerimônia acontece anualmente e serve para o líder do país prestar esclarecimentos sobre a situação no país e os planos para o futuro