Segunda-feira - Manaus - 20 de novembro de 2017 - 20:10

MUNDO

Trump confessa Twitter que queria ser ser amigo de Kim Jong-un

 Presidente dos EUA se queixou, em mensagem nas redes sociais

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 12 de novembro - 19:11

Trump está em Hanoi, no Vietnã, o penúltimo país de sua visita presidencial à Ásia

Foto: AFP

O o Twitter, o presidente dos EUA Donald Trump, lamentou neste sábado (12), por não ser amigo de Kim Jong-Un, líder da Coreia do Norte.

“Por que Kim Jong-un me insulta me chamando de 'velho' quando eu NUNCA o chamo de 'baixo e gordo'? Oh, bem, eu tento tanto ser amigo dele – e talvez um dia isso aconteça!", escreveu o presidente americano na rede social.

Trump está em Hanoi, no Vietnã, o penúltimo país de sua visita presidencial à Ásia. Após o tuíte, o presidente americano afirmou em uma coletiva de imprensa que seria "muito, muito bom" se ele e Kim fossem amigos. "Isso pode ser uma coisa estranha, mas é uma possibilidade."

De acordo com o portal G1, o mais novo capítulo entre os líderes dos dois países ocorre porque, na quarta, a mídia estatal norte-coreana se referiu a Trump como “um velho lunático” e disse que ele deveria ser retirado do cargo para que o país se livre “do abismo da destruição”.

A ofensa ocorreu no mesmo dia em que o presidente americano mandou um recado direto a Kim durante sua visita à Coreia do Sul: "as armas que você está desenvolvendo colocam o seu regime em perigo", afirmou Trump. "Não nos provoque".