Segunda-feira - Manaus - 20 de novembro de 2017 - 20:07

ESPORTES

Tite está de olho em momento de Hernanes

O treinador deu a entender que o meio-campista pode ganhar uma chance na seleção brasileira se mantiver o bom desempenho por um período mais longo

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 9 de novembro - 13:11

Jogador é o principal responsável pela subida do time no Brasileirão

Foto: Divulgação

Em entrevista coletiva concedida nesta quinta (9) em Lille (FRA), Tite afirmou que acompanha o bom desempenho de Hernanes no São Paulo. O treinador deu a entender que o meio-campista pode ganhar uma chance na seleção brasileira se mantiver o bom desempenho por um período mais longo.

"Nós acompanhamos sim o grande momento que o Hernanes está, ficando atentos a todos os atletas nesse curso que antecede a convocação e principalmente se eles continuam em um bom momento por um grande tempo. O Hernanes teve uma retomada agora. É ambidestro, tem muita qualidade no passe, boa finalização, se adaptou a uma função de articulador pela esquerda com o Dorival [Júnior]", disse Tite.

Apesar de confirmar que monitora Hernanes, o treinador da seleção brasileira negou que já tenha entrado em contato com a diretoria do São Paulo para avisar que pretende convocar o jogador.

"Só peço algo a vocês: tomem cuidado com informações que não são verídicas. Vocês podem perguntar o que quiserem, sou verdadeiro com vocês, e podem me cobrar se eu não for. Só isso sobre informações com atletas. Temos uma comissão técnica que fala no máximo com o técnico do atleta", declarou.

Desde a volta ao Morumbi, Hernanes fez 9 gols em 16 jogos. Outro destaque positivo é o de não se ausentar em nenhum jogo, seja por lesão ou suspensão.

Como pontos negativos estão a falta de tempo hábil para convocações -Brasil faz apenas mais dois amistosos em março, diante da Alemanha e Rússia- e o fato de jamais ser convocado por Tite até momento.

Na última semana, o jogador comentou sobre a possibilidade de ter uma chance com Tite.

"Eu sempre pensei na seleção. Sempre foi um objetivo. Tudo o que eu fiz foi buscando um crescimento e atingir estes objetivos. Na Juventus eu atuei um pouco improvisado e precisei me adaptar, evoluir. Você acaba aprendendo coisas sobre futebol e sobre você mesmo. Na China também foi muito importante pois tive que adotar algo totalmente diferente de onde joguei. Na China eu me firmei numa posição fixa e aprendi que devo entrar em campo para ajudar mais a minha equipe. Então cada uma dessas etapas foram importantes para a minha formação como atleta e durante este período em que estava passando por tudo isso nunca parei de pensar na seleção", declarou Hernanes.

A seleção brasileira faz amistoso contra o Japão nesta sexta-feira (10), em Lille, às 10h (de Brasília). Com informações da Folhapress.