Sexta-feira - Manaus - 17 de agosto de 2018 - 03:41

MANAUS-AM

STF arquiva inquérito que investigava pagamento de propina a Braga e Omar

Alexandre de Moraes frisou que o inquérito ficou oito meses sem o cumprimento de nenhuma diligência (coleta de provas)

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 9 de junho - 09:47

O inquérito foi aberto em abril do ano passado

Fotos: Agência Senado

O Supremo Tribunal Federal (STF) arquivou o inquérito que investigava os senadores Eduardo Braga (MDB) e Omar Aziz (PSD). A decisão é do ministro Alexandre de Moraes.

O inquérito foi aberto em abril do ano passado, após delações de executivos da Odebrecht, e apurava se os ex-governadores do Amazonas tinham envolvimento em fraudes na construção da Ponte Rio Negro, em Manaus.

Segundo Moraes, a Polícia Federal pediu o arquivamento da investigação e a PGR foi notificada a prestar informações sobre o acordo de leniência da Camargo Corrêa. Mas a resposta não foi enviada, e a PGR pediu para o processo ser remetido à Justiça Federal do Amazonas.

Alexandre de Moraes frisou que o inquérito ficou oito meses sem o cumprimento de nenhuma diligência (coleta de provas), acrescentando que as testemunhas não confirmaram as acusações do delator.

“Na presente hipótese, contudo, todas as informações prestadas pelo colaborador foram negadas pelas testemunhas por ele indicadas; não se obtendo durante a investigação qualquer indício de autoria e materialidade das infrações penais apontadas”, afirmou o ministro.