Segunda-feira - Manaus - 16 de julho de 2018 - 15:42

MANAUS-AM

Dois em cada cinco presos no Amazonas é reincidente, aponta balanço do Estado

Dos 8.895 detentos existentes no sistema em março, 3.374 eram reincidentes

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 15 de mai - 10:30

Os números mostram que, a cada mês, o percentual de reincidentes só aumenta

Foto: Divulgação

Os presos reincidentes que estão nas penitenciárias do Estado representam 37,9% do total de detentos. Os dados são da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) divulgados no portal do Sistema de Informações Governamentais do Amazonas (E-Siga).

Os números mais recentes disponíveis no portal são referentes aos mês de março. Dos 8.895 detentos naquele mês, 3.374 eram reincidentes. Os números mostram que, a cada mês, o percentual de reincidentes só aumenta. Em janeiro, os reincidentes eram 36,8% do total de 9.006 presos. Já em fevereiro esse percentual subiu para 37,3% e o total de detentos foi igual a 9.175.

A reincidência mostra a incapacidade do Estado de intervir de maneira transformadora na vida de quem pratica infrações, avaliam as autoridades. Desde a prisão até a final execução de uma pena, maior é a convicção de que a prisão será insuficiente para transformar - recuperar - o ser humano que um dia estará de volta ao convívio social. 

Segundo o juiz  licenciado da Vara de Execuções, Luís Carlos Valois, boa parte dos presos do sistema penitenciário são "bodes expiatórios", expressão usada para indicar que alguém foi acusada por um delito que não cometeu. Eles são presos na tentativa de convencer a sociedade que algo é feito pela segurança pública, afirma o juiz.

"No Brasil, a pessoa é assaltada, sequestrada ou estuprada e vai a uma delegacia e recebe um BO (Boletim de Ocorrência). Nada é investigado e isso causa sensação de impunidade. Os que estão presos, a maioria por crimes sem vítimas e que representam 40% de pessoas encarceradas por envolvimento com o comércio de algumas substâncias, são apenas bode expiatórios para parecer que se está fazendo alguma coisa pela segurança pública, eles lotam as penitenciárias e não diminuem a sensação de impunidade", declarou.

Ainda segundo os dados da Seap publicados no E-Siga, nove cursos profissionalizantes foram realizados no primeiros três meses deste anos. A Seap não respondeu a quantidade de participantes nos cursos e nem os temas abordados. Entre as atribuições da Secretaria de Administração Penitenciária está a coordenação e controle do sistema socioeducativo através da reintegração social. 

Compete a Seap, ainda, a implementação e manutenção de políticas públicas para a humanização e reintegração.

Valois faz severas críticas ao sistema carcerário

Foto: Divulgação

Evolução de presos reincidentes

Janeiro

Total de presos: 9.006

Reincidentes: 36,8%

 

Fevereiro

Total de presos: 9.175

Reincidentes: 37,3%

Março

Total de presos: 8.895

Reincidentes: 37,9% 

FONTE: Reportagem: Pedroso de Jesus