Segunda-feira - Manaus - 11 de dezembro de 2017 - 16:14

DIVERSÃO

Menina russa é considerada a criança mais bonita do mundo

Com apenas 6 anos, Anastasiya Knyazeva parece não se importar muito com a notícia

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 6 de dezembro - 12:46

Anastasiya Knyazeva representa principalmente lojas de roupas infantis

Foto: Divulgação

A mídia britânica batizou a menina russa Anastasiya Knyazeva como a criança mais bonita do mundo. Com apenas seis anos de idade, ela já trabalha como modelo. Anastasiya possui uma conta no Instagram, onde a mãe dela publica fotos tiradas durante sessões fotográficas profissionais, bem como no dia a dia da criança.

A 'Sputnik China' entrevistou a mãe da modelo mirim, Anna Knyazeva, que contou como a filha reagiu ao saber que foi considerada criança mais linda do mundo:

"Ela gosta de chamar atenção e das câmeras desde muito pequena. Sempre disseram que ela deveria seguir carreira de modelo. Enviamos uma foto dela para uma agência famosa e, em seguida, fomos chamadas para a primeira sessão fotográfica profissional. No momento atual, estamos recebendo propostas para trabalhar em diferentes partes do mundo", contou a mãe da modelo mirim.

Anastasiya Knyazeva representa principalmente lojas de roupas infantis. A menina se acostumou a ouvir elogios sobre a sua aparência, por isso não se entusiasmou muito ao ser considerada a criança mais linda do mundo pela mídia estrangeira.

"Anastasiya não se importou muito com a notícia. Ela está acostumada a receber elogios, então, já não dá tanta atenção. Mas ela não é presunçosa! Só que por enquanto não está entendendo o que aconteceu por conta de sua idade. Ela tem apenas seis aninhos. Tanto eu como o pai dela estamos muito felizes, claro", assinalou a mãe.

O Instagram da menina já conta com mais de 560 mil seguidores. Muitos internautas comparam Anastasiya com uma boneca pelos olhos azuis que brilham como porcelana. Segundo Anna, a filha trabalha como modelo, mas continua sendo uma criança. "Ela gosta muito de desenhar, criar seus próprios brinquedos e cantar. Não gosta de bonecas, ela prefere pôneis", conta.

Ainda segundo a mãe, a menina frequenta classes de dança, estuda inglês e sonha em ser cantora.