Segunda-feira - Manaus - 11 de dezembro de 2017 - 16:15

DIVERSÃO

Eurythmics abre o jogo sobre sucesso 'Sweet Dreams'. Música ganhou novo fôlego após memes

O conteúdo da canção "é um pouco filosófico e quase como um pequeno poema haiku de alguma forma estranha", diz Lennox. "Não tem nada a ver com sadomasoquismo, como muitos pensam"

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 23 de novembro - 10:24

TH VIDEO

Los Angeles - Antes de compor "Sweet Dreams (Are Made of This)", uma canção que se tornou um clássico da música pop, a dupla de pop rock Eurythmics acreditou que sua carreira estava acabada.

"Lembro que nesse dia estava com um humor horrível, pensei que devíamos desistir", diz Annie Lennox, em referência à sessão de gravação de 1982 em Londres com seu companheiro de banda Dave Stewart.

"Estava sentada pensando em dizer a ele que eu voltaria para a Escócia e ia simplesmente esquecer", conta a cantora, nascida na cidade escocesa de Aberdeen e cujo primeiro álbum com Stewart como a Eurythmics tinha sido um fracasso.

Mas de repente Lennox encontrou uma melodia aparentemente simples no teclado. E Stewart, que tocava guitarra, naquele momento improvisou uma batida rápida com uma máquina de ritmos.

"Era incrivelmente contagiante e potente, mas nós não a escolhemos - e nossa gravadora também não - como um single do álbum até a terceira ou quarta seleção", disse Stewart.

A dupla, que não se apresenta há anos mas manteve uma forte amizade, fala com a imprensa em um momento em que concorre para entrar no Hall da Fama do Rock. 

Após atravessar o histórico Studio EastWest em Hollywood, onde The Beach Boys gravou "Pet Sounds", Lennox se senta em um piano e toca espontaneamente uma versão acústica de "Sweet Dreams".

- Conteúdo filosófico -

O Eurythmics concorre pela primeira vez para entrar no Hall da Fama do Rock. Entre os indicados estão também os roqueiros do Radiohead e a lendária cantora Nina Simone. Especialistas em música e fãs votam nos artistas, e o vencedor será anunciado em dezembro. 

A dupla anunciou que em 2018 relançará em vinil todos os seus álbuns.

"Muita gente vê artistas como nós - na televisão ou em outro lugar - e em um primeiro momento pensa: 'Oh, eles estão indo muito bem", diz Stewart.

"Mas não veem os quatro, cinco, dez anos tendo problemas para chegar ao fim do mês e tocando em frente a três ou quatro pessoas", afirma o roqueiro barbudo e tatuado com seus óculos de sol. "Acredito que todos os artistas do Hall da Fama passaram por isso".

"Sweet Dreams (Are Made of These)" e seu álbum homônimo, lançados no início de 1983, ficaram no topo das listas na Europa e América do Norte, seguidos por outros de seus grandes álbuns como "Be Yourself Tonight".

"Sweet Dreams", com sua introdução de sintetizador facilmente reconhecível, se tornou um clássico da música eletrônica, com várias reinterpretações, entre as quais se destaca a do gótico Marilyn Manson.

"Nunca pensamos que seria uma canção que estaria em todos os festivais de música eletrônica, porque nós não fazíamos música eletrônica", afirma Stewart, de 65 anos.

Annie Lennox, de 62, conta que ao escrever a letra de "Sweet Dreams", descreveram originalmente a situação sombria que a dupla atravessava. Mas ironicamente a faixa se tornou um símbolo dos sonhos que todos carregam durante a vida.

O conteúdo da canção "é um pouco filosófico e quase como um pequeno poema haiku de alguma forma estranha", diz Lennox. "Não tem nada a ver com sadomasoquismo, como muitos pensam".

Dupla concorre este ano para entrar no Hall da Fama do Rock, nos Estados Unidos.

Foto: Federic J. Brown/ AFP

FONTE: Agence France Presse