Segunda-feira - Manaus - 20 de novembro de 2017 - 20:08

MUNDO

Como Tom Hanks, haitiano vive há 7 dias em aeroporto argentino

História de Freemont Herns ganhou destaque na imprensa local

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 11 de novembro - 09:11

A história sobre o motivo dele estar nesta situação é confusa

Foto: Divulgação

Tal qual o personagem Viktor Navorskim, interpretado por Tom Hanks no filme "O Terminal" (2004), um haitiano vive no aeroporto internacional de Fisherton, em Rosário, na Argentina, há sete dias.

A vida de Freemont Herns, 48 anos, virou destaque na imprensa argentina por ele não ter dinheiro para embarcar para seu país-natal e nem ter a autorização para permanecer em território argentino.

A história sobre o motivo dele estar nesta situação é confusa.

Alguns jornais informam que, como venceu o prazo permitido por lei para ele ficar no país, a empresa aérea cobrou uma taxa extra para regular a situação. Como ele não tinha dinheiro, ele acabou ficando no aeroporto.

Outros portais informam que ele foi para o aeroporto errado - deveria ter ido para o Ezeiza, em Buenos Aires - e a companhia ofereceu o traslado até o local certo. No entanto, ele não tinha dinheiro para fazer a transferência e perdeu o voo.

Herns, então, passou a viver no aeroporto e consegue comer com a ajuda de outros passageiros que usam o local.

O Departamento de Migrações da Argentina já informou que está acompanhando o caso e que já contatou a Embaixada do Haiti para resolver a situação. Com informações da ANSA.