Sexta-feira - Manaus - 21 de setembro de 2018 - 02:36

MUNDO

Ataque suicida no Afeganistão deixa pelo menos 11 mortos

Quatro pessoas ficaram feridas e foram levadas para o hospital local

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 10 de julho - 12:08

Até agora, nenhum grupo reivindicou o ataque

AFP

Pelo menos 11 pessoas morreram, na maioria civis, e outras quatro ficaram feridas em um ataque suicida perpetrado nesta terça-feira (10) contra um posto de controle das forças de segurança na província de Nangarhar, no leste do Afeganistão, disseram fontes oficiais.

Um homem-bomba fez detonar os explosivos que levava por volta das 10:00, (02:30 em Brasília), no distrito policial número seis de Jalalabad, capital de Nangarhar, disse o porta-voz do governador provincial, Attaullah Khogyanai, citado pelas agências Efe e AFP.

O alvo do ataque, que também provocou danos em lojas e veículos de civis, foi um posto das forças de segurança criado para registrar os veículos que passavam na zona.

O porta-voz do serviço de saúde pública de Nangarhar, Inamullah Myakhil, disse que a explosão fez dez mortos, além do terrorista, e quatro feridos, que foram transferidos para o Hospital Provincial.

Entre os que sofreram ferimentos há dois membros da principal agência de serviços secretos afegã, segundo Khogyanai.

O representante da polícia provincial, Hazrat Hussain Mashriqiwal, confirmou se tratar de um atentado terrorista e acrescentou que as tropas estão investigando o caso.

Até agora, nenhum grupo reivindicou o ataque, onde estão tanto os talibãs como o grupo extremista Estado Islâmico (EI).

Desde o fim da missão de combate da OTAN em janeiro de 2015, o Governo de Cabul foi perdendo terreno para os talibãs até controlar apenas 56% do país, segundo o inspetor especial general para a Reconstrução do Afeganistão (SIGAR) do Congresso dos EUA. Com informações ds Lusa.