Terça-feira - Manaus - 17 de julho de 2018 - 05:19

MANAUS-AM

Aplicativo ‘Direito na Mão’ é lançado na Aleam para divulgar leis

O app disponibiliza inicialmente 50 leis e será atualizado trimestralmente com novas leis, de acordo com o trâmite e aprovação na Aleam

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 10 de abril - 07:00

O “direito na mão’ funciona em modo offline (sem Internet).

Foto: Divulgação

O deputado Luiz Castro (Rede) lançou nesta segunda-feira, 09/04, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o aplicativo “direito na mão”, uma ferramenta eletrônica pioneira, que disponibiliza as leis de autoria do parlamentar, nas áreas de defesa dos direitos da criança e do adolescente, do consumidor, das pessoas com deficiência, da proteção do meio ambiente e de defesa dos animais, dentre outras causas.

“É uma iniciativa inovadora e da fácil acesso, que nasceu da interação com a sociedade, do trabalho que desenvolvemos em Manaus e no interior do Estado e que orienta o cidadão amazonense na defesa de seus direitos”, ressaltou Luiz Castro.

Desenvolvido pela assessoria de comunicação do gabinete do deputado Luiz Castro, o “direito na mão” disponibiliza inicialmente 50 leis e será atualizado trimestralmente com novas leis, de acordo com o trâmite e aprovação na Aleam. O aplicativo também traz os números de contato com os órgãos de fiscalização.

Para ter cesso às informações e ao texto das leis, basta baixa o aplicativo no aparelho celular. O “direito na mão’ funciona em modo offline (sem Internet).

O deputado Luiz Castro destaca ainda que o aplicativo facilitará o trabalho de todos que atuam na defesa dos direitos de cidadania, como a proteção dos direitos das pessoas com deficiência, das pessoas vivendo com IST/AIDS e tuberculose, do apoio ao cooperativismo, da fiscalização e transparência no serviço público.

Participaram do lançamento o professor Alcebíades Cavalcante, a diretora da Escola do Legislativo, Jaqueline Monteiro, o policial federal Junior Brasil, o ativista de Direitos Humanos, Renato Souto, a presidente do Fórum OSC AIDS, Evalcilene Santos e a coordenadora de Planejamento e Modernização da Aleam, Socorro Siqueira.